[row] [span8]

A Expedição MARBOREALIS


[extra_wrap custom_class=”block_3″]

a_expedicaoUma proposta ambiciosa.

QUINZE PAÍSES, VINTE E OITO PORTOS DE ESCALA, VINTE CINCO A TRINTA CIENTISTAS, DEZ TRIPULANTES, TRÊS OPERADORES DE CÂMARA E DEZASSETE MESES DE MISSÃO É O RESUMO DESTA ODISSEIA NÁUTICA E CIENTÍFICA.

Poderá ser considerada a maior epopeia náutica efetuada por portugueses nos últimos séculos. Uma circum-navegação Ártica através da passagem do Nordeste (pelo norte da Sibéria até ao Estreito de Bering-Ainan) e do Noroeste (pela costa do Alasca e norte do Canadá), acrescida por uma navegação até aos portos do Japão, da China e da Coreia do Sul. Esta viagem acontecerá pela primeira vez por navegadores portugueses e coloca o nosso país no pelotão dos três primeiros países a fazê-la.

Durante a primeira etapa da viagem, a legendária viagem do navegador David Melgueiro é refeita no sentido inverso, ou seja, do Porto até Kagoshima, no Japão, através do Oceano Ártico. No regresso, a viagem de St John’s da Terra Nova até Lisboa, via Açores, refaz a mítica viagem dos nossos navios bacalhoeiros (White fleet).

PREVÊ-SE QUE A EXPEDIÇÃO SEJA DIVIDIDA EM TRÊS ETAPAS DE 4, 7 E 6 MESES CADA:

[check_list]

  • A primeira etapa vai do Porto até Anadyr na Rússia. Nesta etapa é efectuada a “Passagem do Nordeste”, atravessando o Oceano Ártico de oeste para leste, e navegando ao longo das costas da Sibéria até passar o Estreito de Bering e entrar no Oceano Pacifico. Na sua viagem para norte antes de chegar às regiões onde se desenvolverão os estudos, o veleiro escalará várias cidades Europeias sendo o estandarte de Portugal e embaixador cultural e comercial.
  • A segunda etapa consiste na descida do Oceano Pacifico até chegar ao porto de Kagoshima no Japão. Outros portos japoneses e chineses serão também visitados. Durante este período a expedição transformar-se-á em porta-estandarte da cultura portuguesa e numa plataforma para apoiar iniciativas empresariais que desejem fomentar oportunidades de negócios com os países visitados.
  • A terceira etapa partirá de Kagoshima e terminará na cidade de Lisboa. Nesta etapa entra-se de novo no Oceano Ártico pelo estreito de Bering, mas de seguida navega-se ao longo das costas do Alasca (E.U.A.), norte do Canadá e Gronelândia, efetuando-se assim a “Passagem do Noroeste” e saindo do Oceano Ártico para iniciar a viagem de regresso a Portugal com a travessia do Oceano Atlântico de Oeste para Leste.

[/check_list] [/extra_wrap] [/span8] [span4]

Programas

[arrow_list]

[/arrow_list] [/span4] [/row] [spacer][row] [span8]

The MARBOREALIS Expedition


[extra_wrap custom_class=”block_3″]

a_expedicaoThis expedition is an audacious initiative.

FIFTEEN COUNTRIES, TWENTY EIGHT HARBOURS, TWENTY FIVE TO THIRTY SCIENTISTS, TEN CREW MEMBERS, THREE CAMERAMEN, A NINETEEN MONTHS MISSION, THIS IS IN A NUTSHELL WHAT THIS NAUTICAL AND SCIENTIFIC ODYSSEY IS ABOUT.

The Marborealis expedition will do over the journey of the Portuguese navigator David Melgueiro, sailing from Portugal to the city of Kagoshima in Japan, and performing a polar circumnavigation crossing the Northeast and the Nortwest Passages.

This expedition is an audacious initiative, that includes a circumnavigation through the Arctic, a visit to Japanese and Chinese ports, in an attempt to reiterate the 1660-62 journey.

THE EXPEDITION WILL BE DIVIDED IN THREE LEGS OF 6, 9 AND 4 MONTHS RESPECTIVELY:

[check_list]

  • The first leg from Porto to Anadyr in Russia. This leg includes the Northeast Passage, crossing the Arctic ocean from west to east, hugging the Siberian coasts, passing the Strait of Bering and entering the Pacific Ocean. During the trip to the North, before reaching the regions where research will take place, the sailing vessel will stop in different European cities, representing Portugal and its business and culture.
  • The second leg consists of going down the Pacific Ocean to the Japanese port of Kagoshima. Other Japanese and Chinese ports will also be visited. During this period the expedition will turn into the ambassador of the Portuguese culture and a platform to give support to business initiatives, willing to develop business opportunities with the visited countries.
  • The third and final leg will lead from Kagoshima to Lisbon. On its way back, the vessel will again reach the Arctic Ocean by crossing the Strait of Bering, but will then hug the coasts of Alaska (USA), the north of Canada and Greenland, this route being called the Northwest Passage; it will then leave the Arctic Ocean and start its journey back to Portugal, crossing the Atlantic Ocean from West to East.

[/check_list] [/extra_wrap] [/span8] [span4]

Programs

[arrow_list]

[/arrow_list] [/span4] [/row] [spacer]