Num movimento espontâneo de apoio ao projeto “GREEN OCEAN” um grupo de artistas plásticos reunindo pintores, escultores, ceramistas e tecelões ofereceram-se para produzir obras que enalteçam os Oceanos e os desafios que estes apresentam como elementos indispensáveis para o futuro da vida no planeta.

A exposição “OCEANO-MAR É VIDA” tomou forma e tem levado o mar a varias cidades de Portugal.

Tal como os artistas plásticos músicos e cantores também se mobilizaram e têm acompanhado a rota da Exposição por terras de Portugal, eles também dando expressão à urgência de agir para evitar um drama que poderá comprometer o futuro do Homem na Terra.

Artistas
Ana Kardo Henriques
Subtitle
Banner image
ANA KARDO HENRIQUES

Nasceu em 1973, em Lisboa.

1991: Monitora de Artes na Fundação Waldorf. 1992: Curso de Semeadura, Tingimento Natural e Tecelagem Tradicional, Museu do Traje. 1993: 1.º Prémio Concurso Nacional de Jovens Estilistas, Projeto o “Jardim Celeste”; convidada para o Atelier do “Grupo 3.4.5.” de Gisela Santi. 1995: Curso de Design Têxtil, Escola António Arroio. 1996: Participação no II Simpósio de Encontro de Tapeçaria; 1.º Encontro Tapeçaria Contemporânea; Exposições Coletivas com Tapeçaria Vestível, Universidade Católica, Festa do Avante e Museu do Traje. 2001/4: Vocalista nos Suaves Portugueses; Contralto na Universidade Clássica. 2006: Licenciatura em Artes Plásticas / Pintura, ESBAL. 2006/10: Docente de Artes Visuais. 2007/12: Participação em Exposições Coletivas de Desenho, Pintura, Fotografia e Vídeo, Faculdade de Belas-Artes, Sociedade de Belas-Artes de Lisboa e Centro Cultural de Cascais; Exposição “Corpos”, Aveiro e “Paisagens”, Portimão; Formadora de Tapeçaria e Pintura Mural alusiva ao “Bolo de Tacho”, Monchique. 2011: Exposição Individual de Desenho, Pintura e Fotografia, Loures. 2012/13: Mestrado em Ensino de Artes Visuais, Universidade Lusófona. 2014: Fotografia Digital e Iluminação, Cenjor; Fotógrafa free-lancer. 2015: exposição coletiva, F.I.L. (projeto David Melgueiro). Formadora de Tapeçaria, Loures, Centro Cultural Palácio do Egipto – Oeiras – ” Oceano – Mar é Vida” – coletiva, Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva – Ericeira – “Oceano – Mar é Vida” – coletiva, Centro de Educação Ambiental – Torres Vedras – “Oceano – Mar é Vida” – coletiva.

Título: Mar Negro 2016,

Técnica: Pintura digital e tinta acrílica

Dimensões: 115cm x 100cm

Preço: €1000

Data: 2016

Título: O mundo hoje e amanhã,

Técnica: mista,

Dimensões: 70cm x 55cm,

Preço: 500€,

Data: 2015

Artistas
Ana Tristany
Banner image
ANA TRISTANY

Nasceu em Lisboa.

Estudou pintura e composição com a pintora Mámia Roque Gameiro e licenciou-se em Escultura pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa. Especializou-se nas tecnologias de Pedra, Tapeçaria, Cerâmica e Medalhística. Fundou e orientou vários ateliers de Artes em Portugal e no Canadá, tendo desenvolvido ao longo de 25 anos uma intensa atividade pedagógica no domínio das Artes Plásticas. Dedicou-se à pintura desde 2005 tendo participado em inúmeras exposições coletivas e individuais. Atividade artística recente, prémios e média: 2008: Exposição Individual de Pintura “À Chuva ao Sol e ao Vento”, Colégio Militar; Exposição Coletiva de Artes Plásticas “Natal MAC 2008”, Galeria Movimento Arte Contemporânea; Execução de capa de um número da revista “The Journal of Physical Chemistry da American Chemical Society”; Artigos nas revistas “Casa & Jardim”, “Cor em Movimento” e “Le Monde Diplomatique”. 2009: Exposição Coletiva de Pintura “Fiz’ART09”; Exposição Coletiva de Artes Plásticas “60.º Aniversário da Sociedade da Língua Portuguesa”, em parceria com o Movimento Arte Contemporânea e a Câmara Municipal do Peso da Régua; Exposição Coletiva de Artes Plásticas “15 anos do Movimento Arte Contemporânea”; Exposição Coletiva de Artes Plásticas “Natal MAC 2009”, Galeria Movimento Arte Contemporânea; Organização do Workshop de Pintura “Sonhar a Cores”, apoio da Câmara Municipal de Oeiras; Exposição Coletiva de Pintura “Sonhar a Cores” Livraria-Galeria Municipal Verney, Oeiras; Monumento de homenagem aos alunos do Colégio Militar mortos em combate nas Guerras Peninsular e Liberais e nas Campanhas de Pacificação de África; Artista do mês, revista internacional de arte “Yareah Magazine”; Artigo “What is Art?” na Yareah Magazine; Prémio MAC 2009 Revelação; Prémio MAC 2009 Pedagógico-Cultural. 2010: Exposição Individual de Pintura “Arte no Pátio”, Universidade Autónoma de Lisboa; Exposição Coletiva de Pintura e Escultura “Fiz’ART10”; Prémio MAC 2010 Pedagógico-Cultural. 2011: Exposição Coletiva de Pintura “Fiz’ART11”; Prémio MAC 2011 Pedagógico-Cultural. 2012: Exposição Colectiva de Pintura “Fiz’ART12”; Prémio MAC 2012 Pedagógico-Cultural. 2013: Exposição Individual de Pintura “THROUGH”, Forte do Bom Sucesso, Belém, comissariada pelo Movimento Arte Contemporânea; Workshop de Pintura “Drip’ART”, Torre de Belém, apoio da Liga dos Combatentes; Exposição Colectiva de Pintura “Drip’ART”, Forte do Bom Sucesso, Belém; Execução de capa de um número da revista “Polymer Chemistry”, Royal Society of Chemistry (UK); Artigo na “Revista da Liga dos Combatentes”. 2015: Workshop/ Happening de Pintura “Drip’ART”, Escola de Artes António Arroio; Exposição Coletiva de Pintura “ENS-Lisboa”; Exposição Coletiva de Pintura “Blue Week”, Feira Internacional de Lisboa. 2016: Exposição Individual “Feeling Blue”, Biblioteca Cosmelli Sant’Anna, Lisboa, Centro Cultural Palácio do Egipto - Oeiras - " Oceano - Mar é Vida" - colectiva, Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva - Ericeira - "Oceano - Mar é Vida" - colectiva, Centro de Educação Ambiental - Torres Vedras - "Oceano - Mar é Vida" - colectiva.

Título escultura: “Asteroceras stellare”

Dimensão: 35x25x20cm

Material: Grés e vidrados

Preço: 300 euros

Título pintura: “Planktos I”

Dimensão: 120x60cm

Material: Acrílico s/Tela

Preço:1000 euros

Artistas
CARLOS OLIVEIRA
Banner image
CARLOS OLIVEIRA
Natural de Caldas da Rainha, nasceu em 1963. Com a criação do CENCAL em 1981 começou a sua formação nas áreas de desenho e moldagem, tendo como mestres Artur Lopes, Armando Correia e Herculano Elias. Esteve desde a década de oitenta ligado a projetos da indústria cerâmica, nas áreas de modelação, design e moldes, colaborando com empresas nacionais e internacionais. Em 1989 criou o seu próprio Atelier – Fábrica, onde hoje possui condições de executar obras de grandes dimensões, quer em cerâmica quer em escultura, bronze, fibras e resinas. Como escultor e ceramista, juntou toda a experiência do seu percurso, ligado às indústrias do sector cerâmico, assim como do vidro e das resinas. Tem realizado permanentes e intensas pesquisas e investigações na área dos materiais e técnicas de aplicação, bastante evidentes na execução e expressão das suas obras. Tem participado em diversas exposições individuais e coletivas e encontra-se representado em coleções particulares nacionais e estrangeiras.
Trabalhos públicos
- 2003- Nossa Senhora dos Remédios – Casa de Lamego – Olivais - Lisboa
- 2004- Painel cerâmico Edifício Quadrante
- 2004- Bronze de homenagem aos Bombeiros de Oleiros
- 2005- Tecto da Igreja Matriz da Chainça - Fátima
- 2005- Escultura de homenagem à Mãe Gândareza Fontinha
- 2006- Mural do C.S.P. de Santa Catarina
- 2006- Monumento de homenagem à missão KFOR (Kosovo)
- 2006- Troféu 1º BIMec do Complexo Militar de Santa Margarida
- 2007- Escultura Lavagante – Viveiros Atlântico – Ribamar
- 2007- Busto – Pintor Bravo da Mata
- 2007- Mural do Edifício Cerejas – Caldas da Rainha
- 2008- Busto – Empresário Carlos Silva
- 2008- Busto – Engenheiro José Oliveira
- 2008- Escultura -Ana Saramago Cabeleireiros – Caldas da Rainha
- 2008- Escultura – Shivananda – Leiria
- 2008- Busto – Sr. Fernando Rodrigues
- 2008- Monumento ao Vidreiro – Burinhosa – Pataias
- 2008- Monumento à Família Coutinho – Burinhosa – Pataias
- 2009- Escultura União – Colecção Particular – Caldas da Rainha
- 2010- Escultura N. S. das Graças – Igreja de Alfragide
- 2010- Escultura Cruz de Altar - Igreja de Alfragide
- 2010- Escultura “Mundo” (Sacrário)- Igreja de Alfragide
-2013- Monumento aos resineiros Portugueses- Burinhosa – Pataias
-2013- Fénix Bombeiros do Bombarral – Bombarral
-2013- Busto Aníbal Rosado – Bombarral
-2013- Memorial a Monsenhor Bastos- Peniche
-2014- Busto de Homenagem Padre Fernando Diogo- Bombarral
-2014- Escultura “Mulheres de Azul” – Arruda dos Vinhos
-2014- Cruz “UT CHISTUS ECCLESIAM AMAVIT” – Vaticano – Roma
-2014- Monumento Portas da Burinhosa – Burinhosa – Pataias
-2015- Escultura de São João Paulo II- Praça São João Paulo II- Porto Salvo – Oeiras
-2015- Escultura São Joaquim e Santa Ana- Igreja de Porto Salvo- Oeiras
-2015- Conjunto Escultórico Cristo e os Apóstolos - Igreja de Porto Salvo- Oeiras

É referenciado em livros da especialidade:

-Cerâmica e Escultura de Carlos Bajouca
-Anuário Internacional de 2003 de Fernando Infante do Carmo

Exposições

2001 – Hotel Fénix – cerâmica – escultura – individual.
2001 – Congresso M.A.C. – Universidade Católica – Lisboa – escultura – individual.
2002 – Edição Livro “Cerâmica e Escultura” – Mercado da Ribeira – Lisboa – cerâmica – colectiva.
2002 – Jornadas do Hospital N.S.R. – Barreiro – escultura – cerâmica – individual.
2002 – Jornadas do Hospital Garcia da Horta I.P.Q. – Almada – escultura – cerâmica – individual.
2002 – Oitava Exposição Internacional de Artes Plásticas Vendas Novas – cerâmica – colectiva.
2003 – Galeria Samora Barros – Albufeira – escultura – cerâmica – colectiva.
2003 – Centro Cultural de Lagos – escultura e cerâmica – colectiva.
2003 – III Bienal de Artes de Plásticas – Nazaré – escultura.
2003 – Galeria Espaços – Boliqueime – cerâmica e escultura – colectiva.
2003 – S.I.R. dos Pimpões – Caldas da Rainha – cerâmica e escultura – colectiva.
2003 – Galeria Exclusive – Carnaxide – cerâmica e escultura – colectiva
2003 – Escola Superior de Enfermagem – O. Azeméis - cerâmica e escultura – colectiva.
2003 – Instituto do Sangue – Coimbra – cerâmica e escultura – colectiva.
2004 – AIRV – Viseu – cerâmica e escultura – colectiva.
2004 – Altamira – Lisboa – cerâmica e escultura – colectiva.
2004 – Galeria Nicolai – Lourinhã – cerâmica e escultura.
2004 – Galeria Municipal Carregal do Sal – cerâmica e escultura – colectiva.
2004 – Hotel Tivoli Tejo – Lisboa – cerâmica e escultura – colectiva.
2004 – Galeria Espaços – Boliqueime – cerâmica e escultura – colectiva.
2004 – Hotel Marriott – Béltico (Óbidos) – cerâmica e escultura – colectiva.
2005 – Hotel Tivoli Tejo – Lisboa – cerâmica e escultura – colectiva.
2005 – C.N.A.P. – Lisboa – cerâmica e escultura – individual.
2005 – Galeria Espaços – Lordelo – cerâmica e escultura – colectiva.
2005 – Galeria Espaços – Boliqueime – cerâmica e escultura – colectiva.
2005 – Marina Hotel – Vila Moura – cerâmica e Escultura – Colectiva.
2006 – Hotel Tivoli Tejo – Cerâmica e Escultura – Colectiva.
2006 – XII Exposição Internacional de Artes Plásticas de Vendas Novas – Escultura – Colectiva
2006 – Câmara Municipal de Boticas – Cerâmica e Escultura – Colectiva.
2006 – Herdade de Montalvo – Cerâmica e Escultura – Colectiva.
2006 – Galeria de exposições da DGAJ – Lisboa – Cerâmica e Escultura – Colectiva.
2006 – Monterroso & Associados – Caldas da Rainha -Cerâmica e Escultura – colectiva.
2007 – Galeria IF – Lisboa – Cerâmica – Colectiva
2007 – Área Panorâmica de Tui – Tui – Cerâmica e Escultura – Individual
2007 – Bienal de Sesimbra – Sesimbra – Cerâmica e Escultura – Colectiva
2008 – Areco - Couto - Cerâmica e Escultura –Individual
2008 – Galeria Municipal – Arruda dos Vinhos – Cerâmica e Escultura – Individual
2008 – Malaposta – Odivelas – “120 Anos de Pessoa” - Escultura – Coletiva
2009 – Galeria Municipal – Sardoal – Escultura e Cerâmica – Coletiva
2009 – No seu atelier – Caldas da Rainha – Escultura – Individual
2010 – Galeria Municipal – Sobral de Monte Agraço – Individual
2011 – Turismo – Seia – Coletiva
2011 – Biblioteca Municipal – Cadaval – Coletiva
2011 – Fórum Leiria – Pataias – Individual
2012 – Galeria Municipal – Arruda dos Vinhos – Individual
2012 – Museu de Engenharia Civil – IST – Lisboa – Individual
2013 – Escola Raul Proença – Caldas da Rainha - Individual
2013 - Ut Christus Ecclesiam Amavit – U.C.C.P. – Lisboa - Bênção da Cruz
2013 - Ut Christus Ecclesiam Amavit – Lisboa - Mosteiro dos Jerónimos
2014 – Ceu de Vidro – Caldas da Rainha – Coletiva
2015 – Voltar a trás para quê? – Arruda dos Vinhos - Individual

Lista de Participação em Monumentos:
Dom Carlos I da Áustria – Bronze 2.25m – Funchal - A. Cid, 2004.
Torso Feminino – Bronze 1.20m – Alemanha – A. Cid, 2005.
Cavalos ao Vento – 3 cavalos em bronze escala real – Oeiras - A. Cid, 2007.
Infante Dom Henrique – Bronze 2.50m – Sagres – A. Cid, 2009.
Presépio de Luz – 3.00m – Alabastro cristalino – Cristina Leiria, 2009.
Dom Diogo de Meneses – Bronze 2.25m – Cascais – A. Cid, 2010.
Cruz de Madalena – Bronze 2.15 – Golegã – José Augusto Coimbra, 2010.
Mural cerâmico – Coletivo – Escola Básica N. Sra. Pópulo C. da Rainha-2010
Quatro Esculturas – Mercado do Livramento – Setúbal – A. Cid, 201

Vai a Baixo...

Titulo  ” Vai a Baixo…. ”

Medidas  52cm x 41 cm x 32 cm

Técnica  Cerâmica com Patine

Preço 2700 €

Mundo em duas Faces

Titulo: Mundo em duas Faces

Dimensões: 50cmx32cmx30cm

Técnica: Cerâmica (grés com óxidos e vidrados)

Valor: 1.800,00€

Mundo à Vela

Titulo: Mundo à Vela

Dimensões: 63cmx45cmx28cm

Técnica: Alabastro com patine tipo bronze

Valor: 1.980,00€

Data: 2016

Artistas
Deolinda Sansa
Banner image
DEOLINDA SALSA
Nasceu em 1950, em Santo Estevão, Sabugal.
Licenciada em Pintura e Artes Plásticas, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa.
No âmbito da sua atividade pedagógica faz parte do quadro dos docentes do ensino secundário da Escola Artística António Arroio, lecionando a disciplina Desenho Técnico-Artístico, numa perspetiva do desenho quer contemporâneo (sincronia) quer ao longo dos tempos (diacronia). Está representada com cerca de dezassete obras, agora espólio, da faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Em 1990, recebeu Menção Honrosa do Prémio Anual de Artes Plásticas da Galeria João Hogan, em Lisboa. Desde 1989 tem vindo a realizar diversas exposições individuais e coletivas em diversos locais, tais como Galeria Téos, Tavira; Galeria Séc. XVII, Leiria; Galeria Akhenaton, Lisboa; assim como na Escola de Ensino Artístico António Arroio, Faculdade de Letras, Lisboa, Cine Teatro de Palmela, estando representada em diversas coleções particulares e públicas. Está representada, também, em diversas coleções particulares, Centro Cultural Palácio do Egipto - Oeiras - " Oceano - Mar é Vida" - coletiva, Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva - Ericeira - "Oceano - Mar é Vida" - coletiva, Centro de Educação Ambiental - Torres Vedras - "Oceano - Mar é Vida" - coletiva.

Caravela

Titulo: Caravela

Ano: 2016

Dimensão: 90×110

Técnica: Mista

Valor: 2500 euros

Planktos I

Título pintura: “Planktos I”

Dimensão: 120x60cm

Material: Acrílico s/Tela

Preço:1000 euros

Artistas
ERNÂNI OLIVEIRA
Banner image
ERNÂNI OLIVEIRA
Nasceu em Lisboa em 1936, Licenciado em Artes, Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, onde também veio a ser docente durante seis anos. Foi igualmente docente na Escola de Artes Visuais António Arroios. Ainda no âmbito da sua atividade pedagógica colaborou com o Ministério da Educação, desde 1982 como coordenador e responsável pelas experiencias pedagógicas no Ensino Artístico.
Teve diversas intervenções como designer em vários ramos da indústria como Cerâmica, Mobiliário, Vidro, plástico e Artes Gráficas, onde veio a desenvolver diversos trabalhos gráficos e ilustrações e capista para editoras. Foi responsável por padrões gráficos de revistas jornais diários, vindo mesmo a responsável pela edição diária de alguns.
Membro da Direção da Associação Fernando Pessoa, Consultor cultural para os Países Oficiais de Língua Portuguesa/Lusofonia (2007), Design, Ceramista, Aguarelista, Pintor Neofigurativo, Vitral/vidro, Produção Gráfica, (Serigrafia, Litografia). Foi-lhe atribuído por duas vezes. Prémio Júlio Mardel, da Academia das Belas Artes de Lisboa. Antologiado, coleções particulares: Portugal, Macau, Espanha, França, Argentina, Alemanha, EUA e Japão.
Está representado no Porto na cadeia civil, assim como em várias Câmaras Municipais: Tondela, Fátima, Almada, Seia, com diversos trabalhos públicos.
Participou em inúmeras exposições individuais e coletivas, nacionais e no estrangeiro, estando representado em diversas coleções particulares e espaços públicos. Tem vindo a desenvolver diversos trabalhos pessoais e em conjunto com colegas no âmbito da Serigrafia Artística, para diversas entidades.

Fernando Pessoa e o Mar

Título : « Fernando Pessoa e o Mar »

Dimensões : 40cm x 150 cm

Valor: 5.000€

2014

acrílico s/tela

Homenagem ao pescador do dori

Titulo : Homenagem ao pescador do dori

Dimensões : 60cm x 60cm

Valor : 1.500,00€

2014 – Acrilico s/tela

Fado

Titulo : Fado

Dimensões : 92×112

Valor : 4000€

Técnica : Acriico s/tela

Data 2014

Farol

Titulo : « Farol »

Dimensão : 70cm x 90cm

Valor : 1.600,00€

Técnica : acrilico  s/tela

2015

Artistas
MARIA de LOURDES LEITE RODRIGUES
Banner image
MARIA de LOURDES LEITE RODRIGUES _ Nasceu em Lisboa em 1935. Iniciou os estudos de pintura e desenho na Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa. Curso Complementar de Pintura pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa. Bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian (1963-1967). Curso de Gravura, (calcografia e litografia), na Cooperativa de Gravadores Portugueses, Lisboa. Professora de Educação Visual no ensino preparatório. A sua obra encontra-se representada no Banco do Fomento Nacional, na Caixa Geral de Depósitos, na Câmara Municipal de Lisboa, na Secretaria Regional do Turismo e Cultura da Madeira e em inúmeras coleções particulares. Participou em inúmeras exposições individuais e coletivas, nacionais e no estrangeiro, estando representado em diversas coleções particulares e espaços públicos. Detentora de diversos prémios;1966 “Constantino Fernandes”, Academia Nacional de Belas Artes, Lisboa. 1967 “Prémio Revelação”, Salão de arte moderna, Junta de Turismo da Costa do Sol. 1969 “Medalha de Prata”, Junta de Turismo da Costa do Sol. 1977 “Prémio Edição”, I Exposição nacional de gravura, Fundação Caloust Gulbenkian, Lisboa. 1977 “Prémio de Edição”, VI Jornada de Estudo e Informação, SECAP. 1979 “Prémio Edição”, II Exposição nacional de gravura, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa. 1980 “1º Prémio de Pintura” (tema livre), I Salão de Outono, Galeria de arte do Casino do Estoril, “Menção Honrosa” (tema obrigatório), I Salão de Outono, Galeria de arte do Casino do Estoril. 1987 “1º Prémio de Pintura”, VIII Salão de Outono, Galeria de arte do Casino Estoril. 1989 “Prémio, aquisição” Salão de Outono (Os descobrimentos)”, galeria de arte do Casino do Estoril.

Título: No Recolhimento junto ao Mar o Homem criou novos Mundos

Técnica: Mista, tela sobre linho

Dimensões: 73cmx111cm

Preço: €5000

Data: 2015

Título: Do Mar nasceu o sonho, a saudade  e o nosso Fado

Técnica: Mista tela sobre linho

Dimensões: 92cmx121cmm

Preço: 6000€,

Data: 2015

Título: Vigília

Técnica: Gravura sobre cobre

Dimensões: 38cmx23cm

Preço: €450

Data: 1990

Título: Esquecimento

Técnica: Gravura sobre cobre

Dimensões: 38cmx23cm

Preço: 450€,

Data: 1990